segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

PELAS BEIRAS

São fluidas as bordas do sentimento
As margens transbordadas do destino

São sinas reviradas pelo tempo

Aquém do pensamento
Além do desatino

A excelência da sua batucada é reconhecida em todo o Brasil.
Avessos às coreografias, seus ritmistas fazem Samba.

Os mestres Canhoto (esq) e Nenê, dois dos maiores ritmistas do País.
Surdo e Caixa da Nenê de Vila Matilde  (em 18/01/2015)

Um comentário:

Douglas Germano disse...

Maravilha, Zephir!!!!
As fotos são ótimas e o jeito que o coração bate por elas é inigualável.