quinta-feira, 24 de outubro de 2013

PURO MALTE

Antes deu recomeçar minha peleja e ao ver e ouvir tanto a palavra "Deus", lembro-me de que certa feita o professor Rubem Alves encantou o corriqueiro dizendo: as pessoas prometem coisas terríveis a Deus, estranhou o educador. De fato, oferecem-Lhe toda a espécie de sacrifícios. Acato e compartilho o sugestivo espanto do Rubem e garanto a Deus: logo mais à noite, por minha conta, tomaremos eu e Ele várias geladas. Aos risos, beberemos muito. Ele sabe que eu coloco em dúvida sua existência - e a do próprio rabudo. Que na verdade nem ligo se existem ou não; mas Ele acaba de me enviar garantias de sua presença. Faz-me saber que não é mesquinho nem coleciona sacrifícios. Por outra, vai me trazer um legítimo Doze Milênios. Puro malte.

Nenhum comentário: