sexta-feira, 11 de novembro de 2011

TEMPO PERDIDO (autor: Ataulfo Alves) por: Amélia Rabello


Mesmo derramando lágrimas
Eu não te posso perdoar
Chega o que eu tenho sofrido
Todo meu tempo perdido
Nunca mais eu quero amar


Hoje vivo procurando esquecer tua maldade
Vou viver no abandono pra fazer tua vontade
Apesar de ser sincero, tu me fizeste chorar
Não faz mal, segue o destino
O mundo vai te ensinar

Nenhum comentário: