terça-feira, 23 de agosto de 2011

Palmeiras: melancolia e depressão

Duvido que os torcedores ilustres e anônimos do atual campeão brasileiro estavam tão melancólicos em 1999 – quando o Fluminense disputou a 3ª divisão – quanto estão os palmeirenses em 2011, com seu time ainda em 6º lugar, mas na  1ª divisão. Tricolores e botafoguenses juntos não dão metade da torcida do Palmeiras, mas a melancolia e a depressão de um palmeirense  superam, retumbantes, as crises de identidade dos pó-de-arroz e estrelas solitárias, também largamente experientes em vexames catastróficos.
O  Palmeiras pode cair de 6º para 13º; é improvável que não seja desclassificado da sulamericana nessa quinta; pode perder mais uma vez para o rival; os palmeirenses Alex Muller, Antero Grecco, Seo Cruz e, principalmente, Ugo Giorgetti tem razão em muito do que dizem; sim tudo isso é provável e verdadeiro.
adfada
sfasdfas
Mas se não melhorar a autoestima alviverde, aí sim a coisa vai ficar bem feia. Pior do que no começo dos 80.

Um comentário:

Pagode disse...

O melhor e mais realista texto é o do Grecco.
"O trem da história passa e o Palmeiras faz de tudo para perdê-lo. Que pena."
Tá tudo errado lá pros lados da Turiassu.
Que pena, parmerense...