sexta-feira, 5 de novembro de 2010

"GENTE BONITA"



Àqueles que se consideram bem informados e negam a existência de preconceito no Brasil - especialmente entre as camadas médias e altas das regiões sudeste e sul - recomendo a leitura das entrevistas sobre o “Movimento São Paulo para os Paulistas”, no http://limpinhocheiroso.blogspot.com/2010/11/em-manifesto-na-web-jovens-paulistas.html

Recomendamos especialmente àqueles que:

a. consideram racistas as políticas afirmativas (cotas, por exemplo), num país onde só haveria preconceito na cabeça de uns poucos ‘negros revoltados’ contra brancos;

b. gostam de “gente bonita”;

c. afirmam que o número de nordestinos na cidade de São Paulo aumentara consideravelmente na gestão de Luíza Erundina - ela teria pago milhares de passagens de ônibus para que seus conterrâneos trabalhassem como ambulantes.

Antes da turma se filiar ao movimento, informamos que apenas 1 entre cada 5 habitantes do estado de São Paulo é nordestino (fonte: IBGE) e que, invalidados os votos da região nordeste, a candidata do Lula teria ganho as últimas eleições do mesmo jeito: 37.371.157 votos, para Dilma Rousseff; 36.036.646, para Serra.

4 comentários:

Douglas Germano disse...

Impressionante é notar que o pessoal do "núcleo entre rios" (tietê, pinheiros, tamanduateí) acha mesmo que são importantes e até que detém a monopólio do pensamento majoritário. Basta um deles sair da celulazinha matter e cruzar qualquer dos rios citados, que já se sentem mal, "fora de são paulo" e portanto desprotegidos, expostos e no meio de uma gentália feia, mal educada, mal vestida, pobre e que vota no lula.
Gente lindamente medíocre!

Everaldo Efe Silva disse...

E tem vários "núcleos entre rios " pelo Brasil. Outro dia, um conhecido que mora na Cidade Maravilhosa, franzindo o rosto diante de meu relato sobre uma tarde de samba e cerveja em Madureira, disse com cara de nojinho o seguinte: "ah, mas ali já não é mais Rio...."

Neguleu disse...

Só pra dar um leve pitaco: Vocês já ouviram falar em Granja Viana? É um bairro chique de Cotia (mas eles se acham bairro de lugar algum, uma espécie de país excêntrico, um Vaticano ou Mônaco). Contruíram na beira da Raposo Tavares o primeiro "Shopping" da Cyty e o nome dele, com inauguração prevista pra novembro (nordestinos trabalhando noite e dia!), não é Shopping Cotia, é Shopping Granja Viana. Ás vezes me canso e até penso e começar a dar razão a Bin Laden.

Everaldo Efe Silva disse...

Essa turma constrói sua redominha e fica nela acreditando que aquilo é o mundo. Pior, estranha o que está ao redor.

E quando a gente se destempera, digamos, diregem-nos aquele olhar de desprezo e horror.....