terça-feira, 27 de outubro de 2009

"E não é que esse Lula aí dá sorte?!", "Eh...povinho!!"


À medida que se aproximam as eleições 2010, quase dispensa demonstração a rejeição aberta da mídia ao atual governo, bem como a qualquer sucessor apoiado por Lula. O escárnio, o desrespeito, a atribuição à sorte de eventuais méritos da atual gestão deixaram de freqüentar apenas os espaços dedicados às opiniões e editoriais para aparecer também nas próprias ‘notícias’. Indico AQUI excelente texto de Saul Leblon a respeito desse fenômeno que, apesar de ‘batido’, parece ter mudado de escala, mais ofensiva e reveladora dos interesses em jogo.

Nenhum comentário: