quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

O VERDADEIRO FUTEBOL BRASILEIRO (de botão)

Ausência de regras desnecessárias, privilégio à manifestação dos apaixonados torcedores de arquibancada – aqueles à margem das $ociai$ -, preponderância da técnica, do gol, do lance inusitado, em suma, o refinamento que somente o imponderável pode trazer ao reunir craques, em plena forma, como Ademir Menezes, Roberto Dinamite, Falcão, Mário Sérgio, entre tantos. A beleza desse conjunto iluminou a grande final da 4ª Copa Movimento Revolucionário 08 de outubro, realizada em 04 de janeiro de 2009, no emocionante duelo entre os campeões das edições nº 4 das Taças Carlos Marighela e Carlos Lamarca, respectivamente, Vasco da Gama e Internacional. O espetáculo não se restringiu ao gramado, mas aos 193.281 presentes ao estádio Mário Filho. Os 4 x 3 do Vasco sobre o Internacional não só refletiram as qualidades dos campeões, mas o êxtase dos milhares de arquibaldos e geraldinos, nas veias dos quais pulsa o verdadeiro futebol brasileiro (de botão).

4 comentários:

Douglas Germano disse...

Bravíssimo!
Impagável!
Memorável!
Praticamente um CANAL 100 do Botão Brasileiro.

Ana Paula Saab disse...

Eu torci como nunca pelo Vasco nessa final aí porque o Internacional eliminou o Corinthians.

Bete disse...

Olha, eu tava lá, torci como ninguém, foi uma loucura; o estádio quase foi abaixo, um delírio. Torcedora apaixonada pelo Inter mas fazê o que...deu Vasco!!!

Everaldo Efe Silva disse...

Pois é, querida torcedora Bete. Tentamos, mas não deu. Nossa meia cancha ficou desguarnecida pela fixação do Waldomiro e do Bira na zona do agrião. A subida do Marco Antonio e do Zanata pelos flancos anulou a força de nossa pressão ofensiva e ocupou o espaço deixando pelo Mandrake. Daí, não teve jeito. Apesar da reação com as belas atuações e gols do Falcão e do Batista, não teve jeito. Vasco 4 x 3 Internacional. Obrigado pela ilustre torcida ao Colorado campeão da Carlos Lamarca.
abraço do técnico,
Casibre Vodila (rsrsrsrsrs)